Outubro 16, 2012

Cantinho da costura

Por vezes apenas é necessário uma ideia simples, um clique com um tecido para que o desejo de criar acorde em si. Um local de trabalho agradável é importante: o melhor sítio é junto a uma janela.

Os indispensáveis (além da caixinha de costura)

Mesa para base de trabalho: com espaço suficiente para a sua máquina de costura e de corte do tecido


Móvel de arrumação: útil para arrumar os utensílios de costura, tecidos e acessórios


Máquina de costura: compre a sua máquina num local que lhe garanta uma assistência técnica de confiança. Deve colocar a máquina de maneira que a luz venha pela frente ou pela esquerda.


Agulhas para a máquina de costura: nas grossuras que vão do 60 (finas) ao 140 (grossa), as 70 e 80 são as mais usadas. A 90 é usada para pespontos de adorno com torçal e a 100 para pespontar com torçal duplo. Existe agulhas especiais para tecidos em malha ou tecidos elásticos, cabedal ou camurça grossa e agulhas duplas.


Ferro elétrico: o ideal será um a vapor.


Tábua de engomar com passa-mangas: a peça bem passada a ferro está meia confecionada.


Pano para passar a ferro: é muito pratico arranjar um pano transparente.


Produto para limpar ferros elétricos: limpa em especial a superfície do ferro de todos os resíduos.


Íman: é pratico para apanhar rapidamente os alfinetes e agulhas caídos.


Linhas para costura: deve ter sempre um bom sortido. Quanto mais fina é a linha maior é o seu nº. Para costuras correntes utilizar linha entre 40 e 60, para tecidos mais finos, linhas 80 a 100. A de alinhavar (linha menos sólida que serve para marcar ou unir temporariamente), de algodão (que serve tanto para a máquina como à mão e existe em várias cores) e de poliéster (convém para todos os tecidos, é mais sólida e suave que as outras linhas).


As linhas que mais se usam são três:
    Linha de costura normal que se pode usar para coser à máquina ou à mão.
    Linha mercerizada. Com ela chuleiam-se as orlas das costuras empregando ponto ziguezague e as casas de botão à máquina. Em tecidos extremamente leves como o chiffon e a cambraia cosem-se com esta linha as costuras, preguinhas e nervuras.
    Torçal. É empregada em pespontos de adorno (linha superior torçal e linha inferior linha normal). É usada também para executar casas de botão à mão.


Papel vegetal, lápis, régua e fita cola: útil para copiar os moldes e modificar


Entretelas: usadas para dar consistência a várias partes das peças que confeciona.


Molas, ilhós, colchetes, botões e fechos: sempre necessário para qualquer acabamento.




Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...